Temer avalia tirar Ministério do Trabalho do PTB

Deputada federal Cristiane Brasil FOTO: Alex Ferreira / Câmara dos Deputados
01 jun 2018

Blog do Vicente do Correio Braziliense:

O presidente Michel Temer deixou a crise provocada pelos caminhoneiros de lado para discutir, na tarde desta quinta-feira (31/05), o futuro do Ministério do Trabalho. A pasta, comandada pelo PTB, se transformou em um manancial de escândalos. A subordinados, Temer admitiu tirar o comando do ministério do partido presidido por Roberto Jefferson.

Para Temer, não é mais aceitável que, em vez de tocar projetos importantes para o país, o Ministério do Trabalho ganhe espaço nas páginas policiais dos jornais. Resta saber se, mesmo com todas as notícias de corrupção, o presidente abrirá mão do apoio do partido, que tem 15 votos na Câmara. Como faz bloco com o Pros, domina 26 parlamentares.

Não custa lembrar que, por conta da dependência dos votos do PTB para se livrar de denúncias na Câmara, Temer submeteu o governo a um grande desgaste ao tentar emplacar a deputada Christiane Brasil, filha de Roberto Jefferson, para o comando do ministério.  A deputada foi impedida de assumir o cargo depois que um ex-empregado informou que ela havia sido condenada pela Justiça do Trabalho.

A caso Christiane se arrastou por mais de um mês, até que ela, o pai dela e o governo acabaram se convencendo que não havia mais como estender aquela novela. Jefferson, no entanto, emplacou o atual ministro, Helton Yomura, muito próximo de Christiane.

Compartilhar

Anna Ruth
Anna Ruth

Anna Ruth Dantas é jornalista, apresentadora do programa RN Acontece, da Band Natal; produz e apresenta o programa Jornal da Cidade, da Rádio Cidade (94 FM - Natal), e apresenta o programa Panorama do RN (em rede com 16 emissoras de rádio do Rio Grande do Norte). Jornalista de grande credibilidade, atua também como consultora e ministra cursos de midia trainning na Trilhar Educação Corporativa.

Deixe uma resposta