Rafael Motta faz discurso durante a madrugada e destaca crise econômica do Brasil

Rafael Motta faz discurso durante a madrugada e destaca crise econômica do Brasil
17 abr 2016

Já passava das 3h da manhã deste domingo (17), quando o deputado federal Rafael Motta (PSB) subiu a tribuna Câmara dos Deputados, na última sessão extraordinária antes do início da votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff. O parlamentar defendeu novamente o voto a favor do afastamento da chefe do Executivo federal, diante do atual cenário de crise econômica e política que o Brasil se encontra.

Durante o discurso, o deputado citou a história do natalense José Jonas Carneiro Cavalcante, professor que perdeu o emprego devido à crise. “Falo aqui de pessoas como José Jonas Carneiro Cavalcante. Ele é professor em Natal. A crise fez a escola cortar custos e hoje José está desempregado. Apenas um entre os quase 10 milhões de brasileiros que desde 2012 para cá, amargam a mesma realidade. Eu prometi defender a Educação e as oportunidades, por isso, sou a favor do impeachment”, disse Rafael Motta.

Além disso, o parlamentar destacou problemas na saúde pública no País e o corte de recursos para o setor. “Problemas na saúde e estruturais são recorrentes. Porém, quantas emendas foram contingenciadas, fazendo desaparecer ações prestes a ser realizadas?”, ressaltou o deputado.

Ainda no discurso, Rafael Motta citou o folclorista e historiador potiguar Luís da Câmara Cascudo. “Felizmente podemos recorrer a sabedoria de homens como Luís da Câmara Cascudo e lembrar que ´o Brasil não tem problemas, só soluções adiadas´”, destacou o parlamentar.

Compartilhar

Anna Ruth
Anna Ruth

Anna Ruth Dantas é jornalista, apresentadora do programa RN Acontece, da Band Natal; produz e apresenta o programa Jornal da Cidade, da Rádio Cidade (94 FM - Natal), e apresenta o programa Panorama do RN (em rede com 16 emissoras de rádio do Rio Grande do Norte). Jornalista de grande credibilidade, atua também como consultora e ministra cursos de midia trainning na Trilhar Educação Corporativa.

Deixe uma resposta