Federações empresariais e CODERN vão elaborar Agenda Propositiva para Porto de Natal

04 nov 2021
As Federações que representam os setores produtivos do Estado e a Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) vão apresentar uma Agenda Propositiva para o desenvolvimento do Porto de Natal. A definição da Agenda deverá ser nas próximas semanas. A dinâmica para elaboração das prioridades do Porto e os principais pontos que serão destacados, em uma iniciativa conjunta das entidades e da Companhia, foram definidos nesta quarta-feira (3).
Durante reunião na sede da CODERN, o presidente da FIERN, Amaro Sales de Araújo, sugeriu que, na próxima semana, técnicos das Federações e da estatal que administra o porto se reúnam para um levantamento técnico do que pode ser defendido como prioridade para o terminal portuário. Com isso, os presidentes das entidades e diretores da CODERN voltariam a se encontrar, em aproximadamente 15 dias, para a decisão sobre a Agenda mínima a ser levada aos Poderes Públicos, instituições e sociedade.
“Houve uma excelente receptividade para a elaboração desta Agenda Propositiva, com as Federações da Indústria, do Comércio, do Transporte e da Agricultura alinhadas no sentido de termos essa ação para melhorarmos as condições portuárias do Estado”, disse Amaro Sales.
“O avanço do funcionamento do Porto é importante para o Rio Grande do Norte e seus diferentes setores econômicos, por isso, esse diálogo é positivo e vai ter prosseguimento a partir desse encontro que foi bastante proveitoso”, acrescentou.
O diretor-presidente substituto da CODERN, Ulisses Almeida, destacou que o diálogo com os presidentes das Federações deve ter continuidade com a discussão e detalhamento da Agenda Positiva do Porto. “Vamos avançar nesta Agenda e o sucesso do porto passa por essas parcerias. Essas tratativas serão levadas adiante”, comentou.
Durante a apresentação sobre o potencial portuário do Estado, ele citou que a aprovação da BR do Mar, que está em tramitação no Senado, abre novas possibilidades para a navegação de cabotagem. Também apontou a vocação do Porto de Natal no transporte das frutas frigorificadas e dos equipamentos de energia eólica – o que não impede que pelo terminal passem outros produtos exportados e importados pelo RN.

Os presidentes da FETRONOR (Federação dos Transportes), Eudo Laranjeiras, e da FAERN (Federação da Agricultura), José Vieira, e o diretor da FECOMÉRCIO (Comércio), Luiz Antônio Lacerda também participaram da reunião.

Compartilhar

Anna Ruth
Anna Ruth

Anna Ruth Dantas é jornalista, apresentadora do programa RN Acontece, da Band Natal; produz e apresenta o programa Jornal da Cidade, da Rádio Cidade (94 FM - Natal), e apresenta o programa Panorama do RN (em rede com 16 emissoras de rádio do Rio Grande do Norte). Jornalista de grande credibilidade, atua também como consultora e ministra cursos de midia trainning na Trilhar Educação Corporativa.